Direitos do Passageiro

Cuidados necessários em voos com conexão – como proceder

Você já deve ter reparado que o preço das passagens aéreas se alteram de acordo com uma grande variedade de motivos. Uma das principais variáveis é se o voo é direto, com escala ou com conexão. É muito importante conhecer cada uma destas opções antes de fazer a compra da sua passagem! Saiba também quais são os seus direitos e deveres como passageiro ao adquirir determinado tipo de passagem.

Primeiramente, vamos entender os conceitos. O voo direto é aquele que sai da cidade local e vai até o destino sem fazer nenhuma parada. Por ser o melhor tipo de voo, mais rápido e prático, costumam ter os maiores preços. Por sua vez, o voo com escala faz parada em aeroporto intermediário para saída e entrada de novos passageiros. É muito comum em voos mais longos ou mesmo para aquelas cidades onde a demanda é menor. Neste caso, o passageiro aguarda dentro do avião e a viagem segue para seu destino. Já na conexão acontece a troca de aeronave, ou seja, o passageiro precisa descer do avião para então entrar em outra aeronave.

Importante saber que os horários entre um voo e outro podem ser tanto de poucos minutos como de muitas horas! Ou seja, é importante ficar atento aos horários, pois o passageiro tanto pode ter que se apressar para chegar no outro avião, como pode ficar horas esperando no aeroporto para o horário do próximo voo.

Alguns cuidados que o passageiro deve se atentar ao comprar um voo com conexão:
– alguns países exigem o visto mesmo no caso em que o passageiro não vai sair do aeroporto! É o caso dos Estados Unidos, por exemplo.
– confira se o segundo voo da conexão sai do mesmo aeroporto de chegada. Em cidades maiores, com mais de um aeroporto, pode acontecer de os voos saírem de aeroportos diferentes!
– tire todas as suas dúvidas ainda durante o primeiro check-in. Verifique aonde você deve retirar sua bagagem (se apenas no destino final ou durante a conexão), se é preciso fazer check-in novamente no segundo voo, etc.

Atenção aos seus direitos! Se acontecer de o passageiro perder o voo da conexão por motivos alheios à sua vontade, como por exemplo atraso do voo ou da entrega das bagagens, é necessário comparecer imediatamente ao guichê da companhia aérea do voo em que aconteceu o atraso.

O passageiro tem como direito escolher entre o reembolso integral da passagem, à reacomodação (em um próximo voo da mesma companhia aérea ou de outra) ou à execução do serviço através de outro tipo de transporte. O passageiro que optar pela reacomodação deve receber assistência material da companhia aérea, de acordo com o tempo que ele ficar esperando pelo próximo voo, que inclui alimentação e outras necessidades. Se a reacomodação não for feita no mesmo dia, a companhia aérea também deve fornecer hospedagem e transporte aeroporto-hotel-aeroporto para o passageiro.

É muito importante ficar atento à todas as informações divulgadas pela companhia aérea quando se compra uma passagem de avião.
Após a compra, todas as informações são enviadas por e-mail ou podem ser verificadas nos sites ou aplicativos da companhia aérea. Leia atentamente todas as informações e, caso tenha algum erro ou dúvidas, entre imediatamente em contato com a companhia aérea.

Caso ocorra atrasos e cancelamento de voos, extravio de bagagem e outros problemas, você pode ter direito a receber uma indenização! A Direitos do Passageiro possui uma equipe especializada no direito do passageiro. Entre em contato sempre que precisar! Se você passou por algum problema deste tipo, clique aqui e solicite sua indenização.